____________
Orixas
____________
____________
Album de fotos

Login



Salve a vibração das 7 linhas PDF Imprimir
Share in FacebookTweet it!

   

1. Xangô

É Xangô o rei de lá da pedreira                              

É Oxum, rainha da cachoeira                                  

Xangô é rei, Xangô é rei Orixá

Escreve lei, pros filho de Oxalá

 

2. Oxalá

Oxalá seus filhos lhe pedem auxílio

Vinde a eles lhe ajudar

Derramai vossos olhos piedosos

A estes filhos de fé.

 

3. Xangô

Meu Pai Xangô chegou do reino                              

Meu Pai  Xangô já vai girar                                              

Olha seus filhos lhe pedem, meu Pai                        

Não deixa os filhos tombar.                                             

 

4. Ogum

Nesta casa de guerreiro                                Ogum

Vim de longe pra rezar                                 Ogum

Rogo a Deus pelos doentes                           Ogum

Na fé de Obatalá                                          Ogum

 

Ogum salve a casa santa                               Ogum

Os presentes e ausentes                                Ogum

Salve nossas esperanças                                Ogum

Salve os velhos e crianças                             Ogum

 

Nego velho ensinou                                      Ogum

Na cartilha de Aruanda                                  Ogum

E Ogum não esqueceu                                   Ogum

Como vencer as demandas.                           Ogum

 

A tristeza foi embora                                    Ogum

Na espada de um guerreiro                            Ogum

E a luz do romper da aurora                          Ogum

Vai brilhar neste terreiro.                              Ogum

 

5. Sete Ondas

Ogum de Lei, não me deixe sofrer                 

Tanto assim, meu Pai                                   

Quando eu morrer                                                 

Vou passar na Aruanda                                          

Saravá Ogum, saravá seu Sete Ondas.

            

6. Para a gira de Exu

São flores, Nanã, são flores

São flores, Nanã Burukê

São flores, Nanã, são flores

Do seu filho Abaluaê;

 

Nas horas de agonia

É ele quem vem nos valer

É ele, Nanã, é meu Pai,

É seu filho Abaluaê.

 

7. Yemanjá

Hoje é dia de Nossa Senhora

De nossa Mãe Yemanjá

Calunga e, e, e, e, e, e,

Calunga a, a, a, a, a, a.

 

Brilham as estrelas no céu

Brincam os peixinhos no mar

Calunga e, e, e, e, e, e,

Calunga a, a, a, a, a, a.

 

8. Oxum

Aieiê, Mamãe Oxum

Aieiê, vem nos ajudar

Aieiê, Mamãe Oxum

Das cachoeiras de Oxalá;

Aieiê, Mamãe Oxum

Dê-me água pra beber

Tenho sede de esperança

Tenho sede de aprender.

 

9. Oxóssi

Eu corri terra, eu corri mar,

Até que eu cheguei na minha raiz

Ora viva Oxossi na mata                                        

Que a folha da mangueira ainda não caiu.                

 

10. Iansã

Eram duas ventarolas, duas ventarolas

Que ventavam lá no mar

Se a minha mãe é Iansã                                          Eparrei

Agora que eu quero ver                                          Eparrei

 

Eram duas ventarolas, duas ventarolas

Que ventavam lá no mar

Uma era Iansã                                                       Eparrei

A outra era Yemanjá                                              Odociá

 

11. Descarrego dos Orixás

Ogum bateu na terra, num raio de Xangô

Toda poeira que sobrou,

Oxum pra Aruanda levou, levou, levou.

 

Licença de Oxóssi ela ganhou, na onda de Yemanjá

Iansã pro barravento de Oxalá, tudo levou, levou, levou.

 

12. Salve o descarrego das Sete Linhas

 

Descarrega, descarrega, todo o mal que aqui está

Leva, leva, leva, tudo pro fundo do mar.

 

Quem esta On-line

Nós temos 301 visitantes online

Busca avançada

Facebook